Como declarar reformas no IR

http://www.imobiliariamota.com.br/

As melhorias que foram feitas em imóveis podem ser adicionadas ao valor da aquisição do bem e diminuir o Imposto de Renda a pagar sobre o lucro obtido na posterior venda.

Informar benfeitorias realizadas nos imóveis é uma das poucas formas de atualizar o valor do bem no Imposto de Renda, já que a Receita Federal não permite que o preço de aquisição da unidade seja modificado pelo valor de mercado ou reajustado por índices de inflação.

Como não é possível atualizar o valor de mercado do imóvel, a diferença entre o seu preço de compra e de venda pode ser significativa. O eventual ganho de capital obtido na venda do imóvel fica maior e o imposto incidente fica bem mais pesado, 15% sobre o ganho.

Ao incluir benfeitorias no valor de aquisição da unidade ao longo dos anos, o contribuinte consegue diminuir a diferença entre o preço de aquisição e o valor de venda do bem. Quanto menor essa diferença, menor será o saldo do imposto a pagar na venda do imóvel.

Também é permitido acrescentar ao valor do imóvel pequenas obras, como pintura e reparos em azulejos, encanamentos, pisos e paredes, incluindo tanto despesas com materiais de construção como gastos com mão de obra.

Tais despesas, entretanto, só poderão ser declaradas se o contribuinte conseguir comprová-las.